Área do cliente

Insira seu usuário e senha. Caso não possua, solicite ao Escritório.

Correio eletrônico

Acesse o seu correio eletrônico de forma simples e direta.

Notícias

Justiça Estadual inicia júri popular relativo ao homicídio do ex-governador Gerson Camata

O julgamento do réu Marcos Venício Moreira Andrade começou nesta terça-feira (03/08), no Fórum Criminal de Vitória. Teve início nesta terça-feira (03/08) no Fórum Criminal José Mathias de Almeida Netto, em Vitória, o julgamento de Marcos Venício Moreira Andrade, acusado de assassinar o ex-governador Gerson Camata. O crime aconteceu no dia 26 de dezembro de 2018, por volta das 17h, na Rua Joaquim Lírio, no bairro Praia do Canto, em Vitória. O Tribunal do Júri é presidido pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Vitória, Marcos Pereira Sanches e teve início por volta das 10h, com a abertura dos trabalhos e sorteio dos jurados. Cada parte poderia recusar até três jurados, sem justificativa. Após o sorteio, dois jurados foram recusados pela defesa, tendo o júri sido formado, ao final, por sete juradas mulheres. Enquanto durar o julgamento, essas sete pessoas estarão à disposição da justiça, que providenciará toda a estrutura, como segurança, alimentação, alojamento etc. Em seguida teve início a oitiva das testemunhas arroladas pelo Ministério Público Estadual e pelos assistentes de acusação. Ao todo, foram ouvidas sete pessoas. Em seguida, as testemunhas arroladas pela defesa, no total de quatro. Estavam previstas cinco pessoas, mas uma foi dispensada pela defesa do réu. Em razão das medidas de segurança para evitar a contaminação pela Covid-19, estão sendo respeitadas as regras de distanciamento social no local, sendo permitida a presença limitada de pessoas, entre partes, advogados, familiares e profissionais da imprensa. Após a oitiva das testemunhas, teve início, por volta das 18h, o interrogatório do réu. Em seguida, serão realizados os debates entre acusação e defesa. Conforme a legislação, o tempo destinado à acusação será de uma hora e meia e o mesmo tanto para a defesa. Embora seja facultativo, a réplica terá a duração de uma hora e o mesmo tempo para tréplica. Em seguida, o juiz passa a ler os quesitos que serão postos em votação e indagará à acusação e à defesa se há algum requerimento a fazer e se os jurados querem alguma explicação sobre os quesitos. O juiz, então, convida os jurados, o promotor de justiça e o advogado de defesa a se dirigirem à sala secreta, onde ocorrerá a votação. Após o encerramento da votação, o juiz lavrará a sentença, que será lida para todos os presentes e encerrará a sessão de julgamento. A previsão é de que o julgamento seja finalizado até esta quarta-feira (04/08). Vitória, 03 de julho de 2021   Informações à Imprensa Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES Texto: Maira Ferreira | Maira Ferreira Assessora de Comunicação do TJES www.tjes.jus.br
03/08/2021 (00:00)

Contate-nos

Rua Álvares Cabral  38  1 andar, sala B
-  Parque Residencial Laranjeiras
 -  Serra / ES
-  CEP: 29165-420
+55 (27) 3318-8880+55 (27) 3099-8880
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.