Área do cliente

Insira seu usuário e senha. Caso não possua, solicite ao Escritório.

Correio eletrônico

Acesse o seu correio eletrônico de forma simples e direta.

Notícias

Adolescente com deficiência deve receber pensão por morte da avó

Por constatar a dependência financeira, a 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual de Goiânia determinou, em liminar, que a Previdência estadual conceda pensão por morte a uma adolescente com deficiência cuja avó faleceu. 123RF A garota foi acometida por um AVC, é portadora de paralisia cerebral e tem microcefalia. Ela utiliza uma sonda nasogástrica e seus membros inferiores e superiores têm movimentos limitados. O defensor público , que atuou no caso, explica que ela precisa de acompanhamento domiciliar com fisioterapeuta, nutricionista e fonoaudiólogo, além de procedimentos como bomba de infusão e cirurgias.   A sua guarda de fato era exercida pela avó paterna, que era beneficiária do plano de saúde Ipasgo, do governo estadual. Após a morte da avó, em dezembro do último ano, o plano seria encerrado. A mesma vara concedeu a manutenção provisória da autora no plano, até o julgamento do pedido administrativo da pensão previdenciária. Porém, mais tarde o pleito foi indeferido.   Na nova ação, o juiz Gustavi Dalul Faria observou que a menor constava na lista de dependentes financeiros da avó no plano de saúde. Além disso, declarações de testemunhas sustentavam a situação e confirmavam que a avó exercia a guarda de fato. Assim, o magistrado considerou que o pedido seria plausível e verossímil. Com informações da assessoria de imprensa da DPE-GO.  

Contate-nos

Rua Álvares Cabral  38  1 andar, sala B
-  Parque Residencial Laranjeiras
 -  Serra / ES
-  CEP: 29165-420
+55 (27) 3318-8880+55 (27) 3099-8880
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.